sexta-feira, fevereiro 13, 2009

Factory Girls

Quando dei por mim, havia contado a história que eu precisava. Não no post, em que a voz não saía, mas nos comentários. Às vezes a nossa voz fica presa, não fica? Não se trata de derrubar tudo e gritar... Se trata de... De repente, estar falando. De repente, estar escrevendo. De repente estar expressando o que você nem imagina precisar. Exasperar-se não é uma solução, mas acontece; não há mesmo como ficar tranqüilo. Mas manter-se aberto... isso sim é necessário.

Por que aí, qualquer coisa, por menor que seja... abre a comporta. E você está livre.



. . .

Impressionante como existem músicas que mudam o seu mundo quando você as escuta. Você não espera, você não tem nem idéia do que está acontecendo! aí... aí... sentimentos e resoluções e os problemas acabam e você existe e aquele som está lá ajustando tudo.
Você nunca será o mesmo depois de escutar isto.




(e são só alguns minutos que duram uma música!)









(factory girls..)



. . .


Eu ia contar uma história meio desanimadora. Mas quer saber?
Esquece!
Agora eu me sinto contente.
Podem ser as músicas, que resolveram tudo. Pode ser tudo o que eu fiz hoje. Pode ser o comprometimento com a decisão de melhorar. Enfim...

Já tiveram músicas assim?
Compartilhem!

2 comentários:

Pioux's disse...

Um montão delas....
As vezes eu tenho a impressão de que minha vida tem trilha sonora!
Ou que na verdade eu não estou andando na rua e sim participando de um video clip de tanto que a musica traduz.... Ou traz aquele lado bonito da vida que as vezes agente deixa de lado por causa dos nossos problemas...

EU AMO MUSICA =D

Yuri disse...

Recipiente, do disco Mergulhar na Surpresa do Maurício Pereira.

Que eu sempre esqueço em alguma gaveta da memória e quando ela dá um jeito e escapa, voando, me faz voar junto.